Vale a pena fazer um curso técnico em eletrotécnica? Confira!

17.02.2021

Por Grau Técnico

2 min de leitura

O técnico em Eletrotécnica é o profissional que possui as especificidades necessárias para realizar trabalhos que envolvam energia elétrica, sua distribuição e demais etapas que dizem respeito à área. 

Continue a leitura para saber tudo sobre esse curso e entender todas as vantagens que fazem desse um curso perfeito ao seu futuro profissional!

O que faz um técnico em Eletrotécnica?

E afinal, qual a função do técnico em Eletrotécnica? Bom, esse tipo de técnico possui quatro tipos de atividades voltadas para a Eletrotécnica: geração, transmissão, distribuição e consumo. Dentre as incumbências desse profissional estão algumas principais, como, por exemplo:

  • Manutenção de sistemas elétricos;
  • Medição de energia elétrica;
  • Proteção de sistemas;
  • Realização de instalações elétricas prediais;
  • Geração e distribuição de energia elétrica;
  • Instalação de sistemas de acionamentos elétricos;
  • Planejamento e desenvolvimento de instalações elétricas voltadas para telecomunicações.
Segurança do Trabalho
Mercado de trabalho de Segurança do Trabalho.

Sua presença é essencial para o bom funcionamento e manutenção dos eletroeletrônicos. Pode-se dizer que o eletrotécnico é aquele responsável por prestar serviços para a própria empresa ou para terceiros. 

Seu papel é fundamental para garantir que todas as etapas e instalações sejam realizadas de maneira segura, respeitando as normas e, a depender do setor, ainda pensando no impacto ambiental que será gerado com essa ação.

Como é o mercado de trabalho na área?

Se você está se perguntando como é o mercado de trabalho do técnico em Eletrotécnica, você vai ficar feliz em saber que é ótimo! Pode atuar em locais como grandes indústrias, construções civis, empresas de distribuição de energia elétrica, escritório de projetos técnicos, entre outros ramos, além da possibilidade de ser um profissional autônomo ou um empreendedor para tocar o próprio negócio. 

Como podemos perceber, o mercado de trabalho é amplo e oferece oportunidades diversas para o profissional com essa formação. Tendo esse leque de opções, o técnico em Eletrotécnica possui variadas opções de locais e setores na hora de procurar um bom emprego.

Mesmo com um mercado competitivo por conta da quantidade de profissionais que se formam na área, ainda sim é possível conseguir uma boa colocação e buscar construir sua renda realizando trabalhos no setor. Isso acontece por conta da amplitude de possibilidades para atuação, o que gera concorrência, mas também uma alta demanda.

Sendo peça fundamental para o bom desempenho dos eletroeletrônicos dessa empresa, desse profissional são esperados seriedade, dedicação e, principalmente, responsabilidade, já que é sob seus cuidados que estão componentes importantes para a empresa. 

Para se sobressair em meio a tantos, é preciso também buscar mais capacitações que completem a formação, transformando-o em um profissional cada vez mais atualizado e preparado para os mais diversos desafios da área.

Técnico em Eletrotécnica: salário

Geralmente, as empresas contratam esse profissional para atuar de acordo com as seguintes categorias: trainee, júnior, pleno, sênior e master. Cada uma dessas etapas leva em consideração o tempo de experiência/atuação na área. Com o avanço na categoria, há o aumento de responsabilidades, mas também de salário.

Segundo o site Salário.com, as empresas ofertam remunerações que variam de R$ 2.227,38 (sendo a média salarial) a R$ 5.101,14 (equivalente ao teto salarial para a categoria que exige mais experiência). 

Ainda sobre a remuneração, o profissional pode receber um adicional de até 40% correspondente à taxa de periculosidade, que corresponde ao valor pago pelo risco que esse funcionário está se expondo para a realização da atividade.

Curso de eletrotécnica em Recife

Para aqueles que sonham em fazer o curso Técnico em Eletrotécnica, é importante ressaltar que gostar de cálculos é algo inevitável para seu perfil, isso porque nessa formação o estudo de Matemática e de Física é presente a todo momento. Sua grade curricular é composta por matérias como:

  • Eletrodinâmica e Eletromagnetismo;
  • Instrumentos e Medidas Elétricas;
  • Desenho Técnico;
  • Eletrotécnica Aplicada;
  • Proteção dos Sistemas Elétricos (I e II);
  • Segurança Aplicada à Eletrotécnica;
  • Geração e Distribuição de Energia;
  • Empreendedorismo e Ética.

Mas não se assuste! No curso de Eletrotécnica em Recife, as aulas são planejadas e apresentadas por instrutores altamente capacitados, que buscam aplicar não só a teoria, mas também possibilitar a realização de aulas práticas, com o intuito de mostrar, de forma técnica, tudo que é passado ao longo do curso. 

Com essa abordagem mista, o estudante se capacita da melhor maneira para que, quando inserido no mercado de trabalho, possa estar pronto para atuar de maneira segura e eficaz quando solicitado. Além disso, o futuro técnico leva na bagagem conhecimentos atuais e reais acerca dos conhecimentos adquiridos. Afinal, a melhor forma de aprender e assimilar é praticando em salas e laboratórios preparados para isso!

Ficou interessado pelo curso? Então é hora de conhecer a fundo como ele é estruturado e se jogar de cabeça nessa formação em uma instituição capacitada para suprir suas necessidades e entregar um ensino de qualidade!


Compartilhe nas redes sociais

Gostou? Comente ;)

matricule-se agora e garanta descontos exclusivos.

Posts relacionados

Matricule-se pelo Whatsapp